BALI, surf, praia e cultura

Isso mesmo para quem pensa que em Bali não tem cultura só praia e sol está enganado.

DSC_6584

Templo em Bali

Localizada  na Indonésia no sudeste asiático,  faz parte do maior arquipélago  do mundo  que é composto por nada mais que 13508 ilhas e ilhotas.

20140525_123021

Praia de Nusa Dua

Bali também é uma ilha e a capital é Dempassar, tem uma área de quase 6 mil quilômetros,  o nome vêm do Sâncrito que significa sacrifício.

O primeiro ocidental a chegar foi Marco Polo em torno de 1229. De  vulcão ativo, templos maravilhosos, campos de arroz faz de Bali uma delícia.

Antes de ir a Bali seja objetivo do que você prefere,  praia ou campo, a Ilha tem muitos hotéis cada uma mais fantástico e confortável que o outro, como a Ilha é muito grande, localização é fundamental  já que o trânsito é péssimo e pode tomar horas de um lugar a outro. Sugiro as praias do sul nas proximidades de Kuta, para baladas e agito. Padang, Uluwatu, Jimbaran  são lugares tranquilos para descansar. Fiquei em Nusa Dua, ótimo local para relaxar. Nessa região estão vários hotéis que valem a estada sem falar que fica perto do aeroporto e uma região bastante segura e descolada. Kuta é outra região perto, onde estão vários lugares interessantes.  Já Ubud, é o lugar perfeito para meditar e curtir spas e hotéis bastante privativos que te dão o maior requinte e privacidade.

DSC_7238

Praia e Templo

The St. Regis, Bulgari, Four Seasons  fazem parte da hotelaria Luxo desta maravilha hoteleira, que é composta por um design e decoração única ao estilo “Balines”

20140522_164743

Imagem religiosa dos templos de Bali

Para os amantes  do surf, Uluwatu e Dreamland  são quase 40 picos para surf.

Existem vários passeios a serem feitos, são quase 10 mil templos, quase toda casa em Bali tem também um templo, o hinduísmo e o Budismo são presentes, adorações, festivais acontecem sempre, não deixe de participar de uma cerimônia que são feitas na maioria dos resorts, são super legais.

20140522_192132

Jantar Romântico na beira da praia oferecido pelo hotel em Nusa Dua

Thanah Lot , Ulun Danu Bertatan, Uluwatu Temple, Goa Gajah e Besakih são os mais importantes templos em bali, porém não deixe de conhecer um templo residencial.

DSC_6498

Cerimônias religiosas ocorrem com frequência em Bali

Para os baladeiros de plantão, em Kuta, os bares começam cedo no meio da tarde já tem movimento, e vão até mais tarde e as boates abrem também no happy hour  até amanhecer.

O Favela é um bar bem pitoresco. The gate Mall é um lugar muito legal no Roof top tem uma calda de um DC10 que dá ao lugar um clima diferente.

Na região de Nusa Dua  você pode ir ao Bali Collection um shopping aberto com vários restaurantes e lojas de coisas típicas com bons preços onde pode comer  lagosta fresca e diferentes tipos de frutos do mas, pode também fazer uma massagem nos pés e até mesmo fazer a terapia onde os peixes comem a pele morta dos pés.

20140524_125509

Imagens Religiosas

Algumas dicas valiosas:

1- Alugar carro é difícil já que o transito é péssimo, uma ótima opção é alugar uma moto sai por USD8,00 a USD10,00 por dia  postos de gasolina são escassos porém fique atento com as garrafas de gasolina que são vendidas nas casas e vendas locais.

2- Caso queira pode também contratar um motorista para te levar aos templos e praias, não sai caro por meio dia  pagamos USD35,00.  O nosso motorista era bem atencioso e nos levou a muitos lugares diferentes,  o Nome dele é  Made Chepot e o telefone  é + 6281338174561,  email mychepot@yahoo.com

3- Contrate os passeios com seu agente de viagem antes, assim não corre risco de ficar a ver navios ou ser enganado por motoristas que estão pelas ruas oferecendo serviços.

4 – O visto  é tirado no aeroporto e custa USD30,00.

5 – Não esqueça da sua vacina de febre amarela.

6 – Wifi tem em todos lugares nem sempre é de graça.

7 – Como chegar: a Emirates tem voos diários  com conexões em Dubai em modernos Boeing 777 e como a conexão é um pouco demorada pode se fazer um pernoite em Dubai .

 

 

Golpes em Viagens

DICAS PARA TE PROTEGER DE GOLPES EM VIAGENS

Um guia bem útil para você se livrar de apuros durante suas viagens, Os espertinhos – de olho nos turistas um tanto encantados (e consequentemente, distraídos) com as belezas do lugar – valem-se de muita criatividade para aplicar armadilhas de tudo quanto é tipo. Essas ciladinhas podem custar dinheiro, documentos, celular, máquina fotográfica…

994001813

  • Golpe do dinheiro no Táxi

Este golpe é muito comum em Buenos Aires, taxistas muito profissionais no campo golpe pegam sua nota ao receber e trocar rapidamente sem que perceba e dizem que não pode receber por que é falsa e vão chamar a polícia etc se você não tiver trocado para o táxi, tire uma foto da nota e chame a policia.

  • Golpe da  rendas e sedas.

Algumas mulheres  vendem rendas bordadas a mão nas ruas da Europa, e leste europeu, um trabalho lindo e muito bem feito, porém você negocia, o tamanho que quer o preço e na maioria consegue um bom desconto, porém enquanto a pessoa pega o dinheiro, ela pega o tecido, dobra para colocar em uma sacola ou embalagem enquanto você conta o dinheiro, ela troca sua peça por uma bem mais barata ou menor e muitas vezes sem  o lindo trabalho, te entrega e você vai embora só percebendo quando for abrir o que pode acontecer somente quando voltar ao Brasil e se perceber no local nunca mais verá a pessoa que já não está no mesmo lugar. Isso pode ocorrer também em lojas na Ásia !

  • Golpe da bolsa em hotéis.

Ao descer para o café da manhã, muitas pessoas colocam as bolsas para marcar a mesa, e assim que levanta para servir  alguém passa e joga uma blusa por cima segurando fazendo uma camuflagem e levando a bolsa que não é vista por outras já que está escondida.

  • Golpe da carteira, bem bobo mas vale a dica.

Alguém coloca uma carteira preta na calçada e fica esperando as pessoas passarem e verificarem se deixaram cair, ai outro comparsa te avisa da queda, a maioria das pessoas checam se perderam e com isso o ladrão já sabe onde você guardou sua carteira.  O ladrão observa tudo de longe e, momentos depois, aproxima-se e te furta como uma pena são rápidos e discretos e pacientes. Comum na Itália e Ucrânia.

  • Golpe do sapateiro.

Em golpista se veste com roupas de época e surgi  na sua frente com caixa de engraxate, pedindo para lustrar seus sapato, mesmo você estando de tênis,  ou um chinelo. Sempre é gratuito, por amizade, mas depois vai cobrar dinheiro. Nunca tire fotos com esses picaretas sempre cobram depois e podem ser ameaçadores. Algumas vezes algum comparsa derruba um líquido no seu sapato para que outro venha limpar e assim ganhar e cobram caro pelo serviço cobrado. Muito comum na Turquia.

  • Alecrim,  rosas,  pulseirinhas.

Uma senhorinha cigana com jeito de boa pessoa  te oferece um cheiroso ramo de alecrim ou uma rosa . Supersimpática, lê a sua mão. E então, pede dinheiro pelos serviços. Se você se recusar a pagar, ela vai amaldiçoar você, sua família e ameaçar o que gera um péssimo clima, não aceite alecrim e rosa ou qualquer flor de estranhos. Em algum outro lugares as pessoas estendem a mão para te cumprimentar e assim amarram uma pulseira que parece um cordão, resultado: Cobram a pulseira cara. Local mais comum: Espanha , Itália e Índia.

  • Fotos:

Com a crise dos selfs fique atento ao pedir para tirarem fotos de você, alguns bandidos,  se disfarçam de turistas em pontos bem conhecidos para fotos difíceis e ali te ajudam pedindo dinheiro ou fugindo com sua câmara. Escolha realmente a pessoa para te ajudar.

  • E o velho jogo da bolinha escondida?

Esse golpe é velho e conhecido no Brasil, rolava em muitas cidades do Brasil. Alguém  monta uma mesinha em algum ponto bem movimentado e coloca uma bolinha em um copo ou vasilhame. Ai vira o copo  ou vasilhame com a bolinha de boca para baixo em cima da mesinha e coloca copos ou vasilhames iguais  ao lado e começa a misturar. Ele mexe rapidamente e te desafia a descobrir em qual deles está a bolinha. Enquanto você se concentra no jogo e se distrai com o mundo ao redor, alguém furta seus objetos,  ou ele te deixa ganhar algumas vezes e outras pessoas também assim as pessoas se empolgam e começam a perder lembre que os outros que estão ao redor são comparsas.

  • Golpe do convite:

Uma pessoa te aborda e pergunta de que país você é,  aí você responde e ele já vem dizendo eu “ama” futebol, Rio de Janeiro olimpíadas etc, e começa a perguntar coisas, bem curiosas e simpática ai te convida a uma cerveja ou um café que ele paga, logo depois de pagar duas cervejas e conquistar sua confiança,  convida a um outro lugar próximo aparentemente melhor e cheio de gente bonita, uma duas três cervejas, ele pede a conta por que tem que ir embora e paga a parte dele a sua será uns 120 a 200 euros por três  cervejas, o garçom e os seguranças fazem parte do esquema, assim podem até chamar a polícia, veja que a parte dele de 120 euros foi paga por ele mesmo. Resumindo você pagará uma conta caríssima que não é real.

  • Golpe da boite:

Um taxista te leva a uma boate que diz ser ótima opção para relaxar e descontrair, porém ao entrar você descobre que entrou em um alçapão, como assim? O ingresso que te cobram custa EUR200,00 e se tomar alguma bebida serão mais EUR30,00 a EUR50,00 e se não pagar não sai, se chamar a polícia, pior já que como alguns policiais são corruptos e levam sua parte irão te obrigar a pagar.