Bolsonaro libera EUA, Austrália, Canadá e Japão de visto para o Brasil 

 

Pela primeira vez em anos um governo toma uma atitude direta para a maior indústria do Mundo!

Em nenhum outro momento da história foi mais fácil viajar do que atualmente. Principalmente para os países que tem o turismo como uma indústria !

O turismo representa uma parte crescente da economia global, chegando a representar 9,8% do PIB e empregando 1/12 pessoas a nível global diretamente. Alguns países são potências econômicas atraindo milhões de turistas para fazer negócios, enquanto outros possuem ótimas condições para o lazer.

Com 1,3 bilhões de pessoas fazendo turismo anualmente segundo a OMT Organização Mundial de Turismo, o Brasil não recebe nem 10% que o primeiro colocado a França com 87 milhões de turistas.

Com essa liberação, o governo brasileiro da um imenso passo na direção do crescimento do  nosso turismo,  e nos coloca em uma posição favorável, começando com a privatização de aeroportos onde já teremos investimento esse ano como já visto pela população.

Para os que falam que a reciprocidade deveria ser aplicada saibam que esses países nunca tiveram históricos de enviarem trabalhadores nem imigrantes ilegais.

A balança do turismo atualmente é negativa em U$12 bilhões, brasileiros gastam 18 bi e estrangeiros gastam somente 6 bi isso porque não visitam nosso país por uma série de problemas inclusive burocráticos.

Em dezembro de 2017, começou a valer o sistema de e-visa no Brasil reduzindo a burocracia que evitava que os turistas fossem obrigados a irem a uma repartição consular deixar seu passaporte e posteriormente buscar. Com isso os pedidos aumentaram em 40% e os estudos do ministério do turismo indicam que ‘só com essa atitude deverá haver uma injeção de U$71,5 milhões na economia.

Anúncios

Efeito Visto Emirados Arabes

 

Visto eletrônico para o Brasil cresce 50%

Já em abril deste ano, as solicitações de visto para o Brasil, solicitados por países Austrália,  Canadá,  Estados Unidos e  Japão, tiveram um aumento de 49%, em relação ao  ano passado. Dados  do programa eVisa.

De acordo com o Ministério do Turismo, o aumento de turistas representa um acréscimo  de mais de  R$ 20 milhões na economia por mês.

O Canadá foi o país que mais resultado  teve com 74,55% de aumento nas solicitações. Mias de 1.461 vistos eletrônicos, só em abril de 2018, contra menos de 900 no ano passado onde ainda era tirado visto por consulados. A Austrália foi solicitou em abril deste ano 1.399 vistos eletrônicos, mais de 50%  do que os cerca de 900 vistos emitidos em abril de 2017.

Em números totais, Estados Unidos  teveum aumento de 44,17% com mais de 12 mil vistos eletrônicos emitidos em abril de 2018  e 8,5 mil no mesmo mês de 2017, quando o eVisa ainda não existia. O Japão foi o mais tímido com apenas  25%, de aumento totalizando 1.950 vistos eletrônicos em abril  e 1.560 vistos emitidos ano passado em consulados.

Desde  novembro de 2017  já foram emitidos mais de 50 mil  vistos eletrônicos para o Brasil. Um total de 52.672 vistos emitidos para turistas dos quatro países nesse período.

Agora Os UAE também anunciam uma boa ação para brasileiros que por sua vez também passam a ter a reciprocidade com os UEA e assim espera se que bem mais de  R$ 20 milhões sejam inseridos na economia por mês.

 

A imagem pode conter: texto

Comunicado feito no facebook pela Embaixada UAE

As top 20 do mundo em 2017.

Saiba quais as cidades mais visitadas no mundo e indique a que você conhece e qual pretende ir.
lista dos 20 cidades mais visitadas do mundo em 2017.
 
Hong Kong -China – 25,6M
Bangkok -Tailândia – 23,2M
Londres -Reino Unido – 19,8M
Cingapura – 17,6M
Macau – 16,2M
Dubai- Emirados Árabes Unidos – 16M
Paris – 14,2M
Nova York – 13,1M
Shenzhen -China – 12,9M
Kuala Lumpur -Malásia – 12,8M
Phuket -Tailândia – 12M
Delhi -Índia – 10,2M
Tóquio – 9,7M
Roma – 9,5M
Taipei -Taiwan – 9,3M
Guangzhou- China – 9M
Mumbai- Índia – 8,8M
Meca -Arábia Saudita – 8,7M
Istambul -Turquia – 8,6M
Praga- República Tcheca – 8,5M

Casamentos no exterior.

 

Quero casar no exterior.

Casar em Las Vegas ou na Itália?

Segundo levantamento feito pela Abrefesta a entidade  que reúne as empresas de serviços para eventos, a indústria do casamento gira no Brasil   cerca de 15 bilhões de reais por ano, cerca de 1.1 milhão de casamentos por ano. Todos os anos a Expo Noivas feira especializada, fecha cerca de 300 milhões em negócios.

Uma indústria que não para de inovar e crescer.

Com muita atenção e vendo um potencial, outros países rapidamente abriram suas portas para esse mercado que já é uma realidade.

Entre os que oferecem vários tipos de casamentos podemos citar o Tahiti  e Ilhas Maldivas com suas lindas praias, Cancun no México, e a Itália entra com força nesta disputa seguida por Las Vegas nos USA esses últimos dois destinos com mais força  já que são lugares que possibilitam unir o útil ao agradável cerimonia e lua de mel no mesmo lugar e para os convidados umas férias junto aos noivos.

O custo de uma viagem para casal com uma cerimônia depende do que ela inclui.

Alguns sites oferecem online tudo que a noiva precisa de transporte até a cerimonia total com valor legal ou não, entre as mais solicitadas  a Tradicional com valor legal, renovação de votos indicada para casais que já se casaram há alguns anos e pretendem renovar seus votos. Cerimônia de Compromisso proporciona ao casal um momento simbólico porém sem valor legal.

E para isso o mais fácil é contratar um cerimonial no destino.

Algumas dicas são o   https://cerimoniallasvegas.com.br/   em Las Vegas onde o competente Jaime faz as boas vindas.

E o http://www.weddingwithaview.biz/ na Itália que faz a estimativa completa de um orçamento online.

A imagem pode conter: 1 pessoa, atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas em pé

Esse foi meu casamento no Marrocos.

Moeda em oferta!

Uma dica bem legal é opara você que vai viajar e não sabe a hora de comprar sua moeda. Um aplicativo muito legal que ajuda ver preços e até fazer ofertas.

Encontre a casa de câmbio com a melhor cotação e negocie para pagar ainda menos!

 https://www.melhorcambio.com/
Remessa Internacional de Dólar
Remessa Internacional de Euro
Remessa Internacional de Libra

ANAC E AS MALAS!

ANAC E MALAS!
Gostaria de saber por que não colocar um campo que a pessoa marque ,
(X) Viajo sem mala ( ) Viajo com mala.
Na hora de fazer a reserva.
Assim o desconto para os que viajam sem mala aparece e pronto.
…x… % Desconto.
Não deve ser ignorância, ou é burocracia ou alguém querendo enganar o consumidor ou o que??
Alguém acha que dar desconto vai gerar polêmica??