BALI, surf, praia e cultura

Isso mesmo para quem pensa que em Bali não tem cultura só praia e sol está enganado.

DSC_6584
Templo em Bali

Localizada  na Indonésia no sudeste asiático,  faz parte do maior arquipélago  do mundo  que é composto por nada mais que 13508 ilhas e ilhotas.

20140525_123021
Praia de Nusa Dua

Bali também é uma ilha e a capital é Dempassar, tem uma área de quase 6 mil quilômetros,  o nome vêm do Sâncrito que significa sacrifício.

O primeiro ocidental a chegar foi Marco Polo em torno de 1229. De  vulcão ativo, templos maravilhosos, campos de arroz faz de Bali uma delícia.

Antes de ir a Bali seja objetivo do que você prefere,  praia ou campo, a Ilha tem muitos hotéis cada uma mais fantástico e confortável que o outro, como a Ilha é muito grande, localização é fundamental  já que o trânsito é péssimo e pode tomar horas de um lugar a outro. Sugiro as praias do sul nas proximidades de Kuta, para baladas e agito. Padang, Uluwatu, Jimbaran  são lugares tranquilos para descansar. Fiquei em Nusa Dua, ótimo local para relaxar. Nessa região estão vários hotéis que valem a estada sem falar que fica perto do aeroporto e uma região bastante segura e descolada. Kuta é outra região perto, onde estão vários lugares interessantes.  Já Ubud, é o lugar perfeito para meditar e curtir spas e hotéis bastante privativos que te dão o maior requinte e privacidade.

DSC_7238
Praia e Templo

The St. Regis, Bulgari, Four Seasons  fazem parte da hotelaria Luxo desta maravilha hoteleira, que é composta por um design e decoração única ao estilo “Balines”

20140522_164743
Imagem religiosa dos templos de Bali

Para os amantes  do surf, Uluwatu e Dreamland  são quase 40 picos para surf.

Existem vários passeios a serem feitos, são quase 10 mil templos, quase toda casa em Bali tem também um templo, o hinduísmo e o Budismo são presentes, adorações, festivais acontecem sempre, não deixe de participar de uma cerimônia que são feitas na maioria dos resorts, são super legais.

20140522_192132
Jantar Romântico na beira da praia oferecido pelo hotel em Nusa Dua

Thanah Lot , Ulun Danu Bertatan, Uluwatu Temple, Goa Gajah e Besakih são os mais importantes templos em bali, porém não deixe de conhecer um templo residencial.

DSC_6498
Cerimônias religiosas ocorrem com frequência em Bali

Para os baladeiros de plantão, em Kuta, os bares começam cedo no meio da tarde já tem movimento, e vão até mais tarde e as boates abrem também no happy hour  até amanhecer.

O Favela é um bar bem pitoresco. The gate Mall é um lugar muito legal no Roof top tem uma calda de um DC10 que dá ao lugar um clima diferente.

Na região de Nusa Dua  você pode ir ao Bali Collection um shopping aberto com vários restaurantes e lojas de coisas típicas com bons preços onde pode comer  lagosta fresca e diferentes tipos de frutos do mas, pode também fazer uma massagem nos pés e até mesmo fazer a terapia onde os peixes comem a pele morta dos pés.

20140524_125509
Imagens Religiosas

Algumas dicas valiosas:

1- Alugar carro é difícil já que o transito é péssimo, uma ótima opção é alugar uma moto sai por USD8,00 a USD10,00 por dia  postos de gasolina são escassos porém fique atento com as garrafas de gasolina que são vendidas nas casas e vendas locais.

2- Caso queira pode também contratar um motorista para te levar aos templos e praias, não sai caro por meio dia  pagamos USD35,00.  O nosso motorista era bem atencioso e nos levou a muitos lugares diferentes,  o Nome dele é  Made Chepot e o telefone  é + 6281338174561,  email mychepot@yahoo.com

3- Contrate os passeios com seu agente de viagem antes, assim não corre risco de ficar a ver navios ou ser enganado por motoristas que estão pelas ruas oferecendo serviços.

4 – O visto  é tirado no aeroporto e custa USD30,00.

5 – Não esqueça da sua vacina de febre amarela.

6 – Wifi tem em todos lugares nem sempre é de graça.

7 – Como chegar: a Emirates tem voos diários  com conexões em Dubai em modernos Boeing 777 e como a conexão é um pouco demorada pode se fazer um pernoite em Dubai .

 

 

Golpes em Viagens

DICAS PARA TE PROTEGER DE GOLPES EM VIAGENS

Um guia bem útil para você se livrar de apuros durante suas viagens, Os espertinhos – de olho nos turistas um tanto encantados (e consequentemente, distraídos) com as belezas do lugar – valem-se de muita criatividade para aplicar armadilhas de tudo quanto é tipo. Essas ciladinhas podem custar dinheiro, documentos, celular, máquina fotográfica…

994001813

  • Golpe do dinheiro no Táxi

Este golpe é muito comum em Buenos Aires, taxistas muito profissionais no campo golpe pegam sua nota ao receber e trocar rapidamente sem que perceba e dizem que não pode receber por que é falsa e vão chamar a polícia etc se você não tiver trocado para o táxi, tire uma foto da nota e chame a policia.

  • Golpe da  rendas e sedas.

Algumas mulheres  vendem rendas bordadas a mão nas ruas da Europa, e leste europeu, um trabalho lindo e muito bem feito, porém você negocia, o tamanho que quer o preço e na maioria consegue um bom desconto, porém enquanto a pessoa pega o dinheiro, ela pega o tecido, dobra para colocar em uma sacola ou embalagem enquanto você conta o dinheiro, ela troca sua peça por uma bem mais barata ou menor e muitas vezes sem  o lindo trabalho, te entrega e você vai embora só percebendo quando for abrir o que pode acontecer somente quando voltar ao Brasil e se perceber no local nunca mais verá a pessoa que já não está no mesmo lugar. Isso pode ocorrer também em lojas na Ásia !

  • Golpe da bolsa em hotéis.

Ao descer para o café da manhã, muitas pessoas colocam as bolsas para marcar a mesa, e assim que levanta para servir  alguém passa e joga uma blusa por cima segurando fazendo uma camuflagem e levando a bolsa que não é vista por outras já que está escondida.

  • Golpe da carteira, bem bobo mas vale a dica.

Alguém coloca uma carteira preta na calçada e fica esperando as pessoas passarem e verificarem se deixaram cair, ai outro comparsa te avisa da queda, a maioria das pessoas checam se perderam e com isso o ladrão já sabe onde você guardou sua carteira.  O ladrão observa tudo de longe e, momentos depois, aproxima-se e te furta como uma pena são rápidos e discretos e pacientes. Comum na Itália e Ucrânia.

  • Golpe do sapateiro.

Em golpista se veste com roupas de época e surgi  na sua frente com caixa de engraxate, pedindo para lustrar seus sapato, mesmo você estando de tênis,  ou um chinelo. Sempre é gratuito, por amizade, mas depois vai cobrar dinheiro. Nunca tire fotos com esses picaretas sempre cobram depois e podem ser ameaçadores. Algumas vezes algum comparsa derruba um líquido no seu sapato para que outro venha limpar e assim ganhar e cobram caro pelo serviço cobrado. Muito comum na Turquia.

  • Alecrim,  rosas,  pulseirinhas.

Uma senhorinha cigana com jeito de boa pessoa  te oferece um cheiroso ramo de alecrim ou uma rosa . Supersimpática, lê a sua mão. E então, pede dinheiro pelos serviços. Se você se recusar a pagar, ela vai amaldiçoar você, sua família e ameaçar o que gera um péssimo clima, não aceite alecrim e rosa ou qualquer flor de estranhos. Em algum outro lugares as pessoas estendem a mão para te cumprimentar e assim amarram uma pulseira que parece um cordão, resultado: Cobram a pulseira cara. Local mais comum: Espanha , Itália e Índia.

  • Fotos:

Com a crise dos selfs fique atento ao pedir para tirarem fotos de você, alguns bandidos,  se disfarçam de turistas em pontos bem conhecidos para fotos difíceis e ali te ajudam pedindo dinheiro ou fugindo com sua câmara. Escolha realmente a pessoa para te ajudar.

  • E o velho jogo da bolinha escondida?

Esse golpe é velho e conhecido no Brasil, rolava em muitas cidades do Brasil. Alguém  monta uma mesinha em algum ponto bem movimentado e coloca uma bolinha em um copo ou vasilhame. Ai vira o copo  ou vasilhame com a bolinha de boca para baixo em cima da mesinha e coloca copos ou vasilhames iguais  ao lado e começa a misturar. Ele mexe rapidamente e te desafia a descobrir em qual deles está a bolinha. Enquanto você se concentra no jogo e se distrai com o mundo ao redor, alguém furta seus objetos,  ou ele te deixa ganhar algumas vezes e outras pessoas também assim as pessoas se empolgam e começam a perder lembre que os outros que estão ao redor são comparsas.

  • Golpe do convite:

Uma pessoa te aborda e pergunta de que país você é,  aí você responde e ele já vem dizendo eu “ama” futebol, Rio de Janeiro olimpíadas etc, e começa a perguntar coisas, bem curiosas e simpática ai te convida a uma cerveja ou um café que ele paga, logo depois de pagar duas cervejas e conquistar sua confiança,  convida a um outro lugar próximo aparentemente melhor e cheio de gente bonita, uma duas três cervejas, ele pede a conta por que tem que ir embora e paga a parte dele a sua será uns 120 a 200 euros por três  cervejas, o garçom e os seguranças fazem parte do esquema, assim podem até chamar a polícia, veja que a parte dele de 120 euros foi paga por ele mesmo. Resumindo você pagará uma conta caríssima que não é real.

  • Golpe da boite:

Um taxista te leva a uma boate que diz ser ótima opção para relaxar e descontrair, porém ao entrar você descobre que entrou em um alçapão, como assim? O ingresso que te cobram custa EUR200,00 e se tomar alguma bebida serão mais EUR30,00 a EUR50,00 e se não pagar não sai, se chamar a polícia, pior já que como alguns policiais são corruptos e levam sua parte irão te obrigar a pagar.

 

Reino do Camboja / ព្រះរាជាណាចក្រកម្ពុជា

Místico e maravilhoso.

Praia, lagos e montanhas fazem parte da fantástica geografia do Camboja, das sangrentas batalhas à paz espiritual que teve origem no  hinduísmo e no budismo a arquitetura imponentes dos templos e palácios fazem o país um lugar mágico.

1949
Portal para Angkor Thon

2013

Angkor Thon a grande capital, é toda murada e abrange vário templos.Nada mais justo que começar a falar deste magnífico lugar  começando por Angkor Wat a capital,  ponto principal e para muitos único, já que algumas pessoas visitam a cidade exclusivamente por esse templo e aproveitam o parque nacional com inúmeros outros templos, dentre os que são imperdíveis , Bayon com as faces de Budha, Banteay Srei, dedicado ao Deus Shiva, Preah Khan que signifíca espada sagrada entre muitos outros.

1936
Cara de Buda
1871
Templo de Bayon

Sua importância é devido ao tamanho e por ter sido a capital do reino, do Rei Suryavarman que o construiu para ser o centro de seu reino no início do século XII, é o templo mais conservado do Camboja e fica somente 5,5 km de distancia da cidade de Siem Reap, a ocupação por monges budistas que por anos e anos ali mantiveram um monastério não permitindo que a ação do tempo o danificasse. É dedicado ao Deus Vixnu  e representa os picos do monte Meru , morada dos Deuses.

DSC_2604
Templo de Angkor Wat

 

Uma dica muito importante é quando for visitar entre sempre pela entrada Ta Kou, o que seria pelo fundo onde terá uma vista maravilhosa e passará por todo interior do templo chegando a frente assim poderá ver as duas faces do templo e não somente uma que a maioria dos turistas fazem.

1553

Cerca de 20 mil pessoas estima se viveram ali entre os séculos IX e XV, o império chegou a se estimar  em meio milhão.

Outra dica é para tirar uma boa foto, sem dúvida é ao lado esquerdo do templo pela frente onde existe um lago e uma feira de artesanatos, neste lugar a água reflete e dá uma das mais lindas lembranças de viagem no fim do dia.

1763

Sem dúvida a melhor forma de chegar é via Bangkok, e de lá algumas cias aéreas voam a Angor.

A Capital é Phnom Penh  uma cidade grande onde  a população passa de 1.5 milhões encontra se o palácio real que vale a visita, porém aos que não dispões de muito tempo, o grande negócio é visitar realmente Siem Reap.

1892

1978

 

 

 

 

Vale ou não fazer compras nos EUA com dólar alto?

Já planejou ou está planejando ir para os EUA fazer compras? E o dólar alto, será que ainda vale a pena fazer compras nos EUA mesmo com o dólar acima  dos R$4,00, resolvi ir para Miami, acabei achando muita coisa que ainda velam a pena comprar.

O famoso shampoo Aussie que aqui está custando R$39,00 comprei no Kmart USD 4,80, mesmo com dólar nas alturas comprando lá ainda sai por metade do preço aqui do Brasil.

Comprei alguns artigos de natal com preços bem atrativos; porque ainda estavam focados no halloween. Uma árvore de 2 metros de altura estava custando uma bagatela de USD 30,00; as luzinhas com 300 por USD 3,20;  já a caixa com 20 bolas decoradas, tamanho médio custou USD4,98.

arvores-de-natal-para-comprar-10

Gosto muito de ver artigos para casa e em algumas lojas como a Home Goods, as roupas de cama de algodão 300 fios por somente USD 19,90 com uma qualidade excepcional.  No Walmart, comprei um jogo de copos que em uma loja de utensílios de Belo Horizonte cada copo custa R$12,00, compramos por USD 0,98, isso mesmo, noventa e oito centavos, 1/3 do preço daqui.  Sacos de lixo, que aqui no Brasil são bem caros,  comprei três pacotes com 40 sacos, dois de 100 litros e um de 50 litros tudo por USD 13,00, total de R$52,00  o preço de um pacote aqui .

copo__granityu_35_cl__43768_zoom

Se você está indo para os EUA e pretende fazer algumas comprinhas, te passo algumas dicas para economizar.

1-  Curta: entre nas páginas oficiais de suas lojas preferidas nas redes sociais, curta e receba as atualizações, eles sempre fazem ótimas promoções relâmpagos.

2- Cupons de desconto:  nos Estados Unidos usar cupons é muito comum. Um bom site para imprimi-los ( tem de tudo, roupas, acessórios e eletrônicos): http://www.dealcatcher.com/

Muitos outlets contam seu próprio catálogo de cupons em seus sites,  e valem para quase todas as lojas do local.

3 – Cartão de crédito? Só se necessário: Isto porque você paga pelo preço do câmbio do dia que a fatura foi fechada e não do dia que você comprou e ainda tem os 6% de diferença de IOF para um câmbio em moeda.

Sim, com certeza ainda vale a pena comprar mesmo com dólar nas alturas…

Milhas + Milhas +Milhas = Viagens

Praticamente todas as empresas aéreas têm programas de milhagem. Quando voamos acumulamos milhas (pontos) que podem ser trocadas por passagens aéreas ou outros benefícios, como produtos ou noites em hotéis.

Para poder aproveitar estes programas, você precisa se cadastrar em algum deles não precisa se cadastrar em todos. Verifique primeiro se a companhia aérea faz parte de alguma aliança, como a Star Alliance, One World ou Sky Team, caso faça parte de alguma, você deve escolher somente uma das companhias. Por exemplo, a TAM faz One World.

Oneworld

É uma das maiores alianças entre empresas aéreas atualmente. Entre elas estão varias empresas internacionais como Air Berlin, American Airlines, British Airways, Cathay Pacific, Finnair, Iberia, Japan Airlines, LAN, Malaysia Airlines, Qantas, Qatar Airways, Royal Jordanian, S7 Airlines, SriLankan Airlines e TAM, além de 30 outras afiliadas.

oneworld-tailfins-lockup
One World

SkyTeam

 Aeroflot – Russia/ Aerolineas-Argentina/Aeromexico /Air Europa-Epanha/AIrFrance -/Alitalia/China Airlines, China Eastern, ChinaSouthern, Xiamen – China/Czech -Rep. Tcheca/Delta-USA/Kenya Ariways/KLM-Holanda/KoreanAir/MEA-Libano/Saudi-Arabia Saudita/Taron-Romenia/Veitnan Airlines e Xiamenair.

SkyTeam
SkyTeam

Star Aliance

Adria-Eslovenia/ Agean-Grécia/Air Canada/Air China/Austrian/Air NewZeland/ANA -Japão/Asiana-Korea/Avianca-Taca- Peru-Colombia/Brussels/Copa-Panamá/Croatia/Egyptair/Ethiopian/Lot -Polonia/Lufthansa-Alemanha/Scandinavian/Shenzhen Airlines/Singapore Airlines/South African Airways/Swiss/Tam / Turkish/Thay -Tailandia/United -USAair-USA

graphic_egu2014_star_alliance_members_airlines
Star Alliance

Mas algumas empresas aéreas não fazem parte de alianças, mas tem parceria com outras companhias que fazem. Exemplificando novamente, a Gol não faz parte de nenhuma aliança, mas tem uma parceria com a Delta Airlines, Air France e Iberia, Tap, Quatar, Alitalia . Se você quiser aproveitar para acumular milhas na Sky Team, prefira o cadastro na Delta, assim pode até emitir passagens da GOL .

Mas não é só voando que se pode ganhar milhas. Através de parceiros das Companhias Aéreas você também pode acumular milhas.

E aqui entram os cartões de crédito. Cada cartão de crédito tem suas regras. Portanto, cada pessoa terá que verificar junto ao banco ou operadora do seu cartão se ele dá pontos se podem ser transferidos para programas de milhagem e para quais companhias aéreas ele credita pontos.

Alguns hotéis, postos de gasolina, locadoras de carros, etc. também tem parcerias com os programas de milhas e nas compras de produtos ou utilização de serviços, você também ganha milhas. Em geral, cada 1 dólar gasto dá direito a 1 ponto, que equivale a 1 milha – mas não é regra. Por isso é importante consultar as regras das parceria.

A quantidade de milhas necessárias para troca por uma passagem depende também do programa escolhido. Em geral, na baixa temporada você precisa de menos milhas, e na alta, mais milhas. Em alguns você não troca por uma passagem, mas por desconto em passagens, como no caso da Azul, onde você ganha 5% do valor da passagem em pontos e a cada 50 pontos, você tem um voucher de desconto de R$ 50,00 na compra de passagens. Também existem promoções por determinados períodos: com menos milhas, você consegue a passagem.

Note também que as milhas tem data de vencimento. Muitas vezes, quando você finalmente acha que acumulou milhas suficientes para viagem e vai verificar, as milhas antigas já venceram. Fique atento neste ponto. Para quem junta pontos no cartão de crédito é melhor solicitar suas milhas somente quando você tiver uma viagem em vista, já que em geral os pontos do cartão não expiram ou tem um prazo maior de vencimento. Mas não solicite em cima da hora. Existe um prazo de transferência.

Como acumular milhas

Para acumular milhas, dê preferência para uma mesma companhia aérea ou a uma mesma aliança. Vôos em classe executiva e primeira classe dão mais milhas. Vôos com escalas podem também dar mais milhas. Atente que algumas passagens promocionais ou de pacotes não dão direito a milhas ou a somente uma porcentagem do total. Na maioria dos programas, acumular milhas voadas durante o ano dá direito a um upgrade na categoria do programa, dando alguns benefícios adicionais ao cliente, como check in preferencial e a utilização de salas vips embarque prioritário.

Também dê preferência a um cartão de crédito que dê pontos que podem ser transferidos para seu programa de milhagens. Ou encha o tanque do seu carro em um posto que também dê pontos. Verifique os parceiros do seu programa de milhagem e aproveite.

Como utilizar milhas

Quando for utilizar milhas, reserve sua passagem com antecedência, em especial se quiser utilizar na alta temporada. Por exemplo, para Orlando, um dos destinos mais procurados pelos brasileiros, 6 meses antes você pode não encontrar mais  passagens que possam ser trocadas por milhas. As companhias aéreas limitam o número de emissões de passagens por milhas para cada vôo.

Você não precisa emitir a passagem em seu nome. Os programas permitem que você emita em nome de terceiros. Mas não é permitido somar pontos de cadastros diferentes. Se algum familiar, por exemplo, tem x milhas e você y, que somados dariam direito a uma passagem, infelizmente não é possível a emissão desta forma. Alguns programas permitem a transferência de pontos através do pagamento de taxas. Alguns outros permitem que você compre milhas, isto é, falta muito pouco para atingir os pontos necessários para o resgate de uma passagem e você pode comprar aquelas poucas milhas que faltam. Também existem programas que permitem o cadastro familiar: o titular se cadastra no programa e abaixo dele podem estar o cônjuge e filhos. Assim se todos viajarem juntos, é possível acumular todas as milhas num cadastro só.

Como as milhas vencem, aproveite para utilizar suas milhas para trocar por outra coisas, como produtos ou serviços. Os sites dos programas que permitem este tipo de troca informas quantas milhas são necessárias para trocar por determinado produto ou serviço. Ou até permitem doações para organizações beneficentes.

#milhas  #milhasaereas #ciasaereas #comoganharsmilhas #viajardegraca

Interior da França; Normandia e Bretanha…

Normandia e Bretanha, localizado no norte da França, sinônimo de aconchego, charme, nostalgia, cultura e delícias.

Mapa da França

Cheguei em Paris e no aeroporto mesmo, aluguei um carro com GPS e parti para o interior,  fácil demais!

Um carro é provavelmente a melhor maneira de explorar a França em total liberdade. De rodovias expressas para estradas regionais e vias rurais, a rede rodoviária francesa é muito densa. Documentos necessários: Você pode ser solicitado a apresentar seus documentos a qualquer momento. Certifique-se de que eles estão em ordem e disponíveis para evitar o risco de uma multa ou mesmo ter seu carro levado. Ao dirigir na França, você vai precisar de:

    • Uma carteira de motorista  válida com foto
    • Um documento de registro do veículo (V5c) – o original e não a cópia, chamado “carte grise” (cartão cinza) na França
    • Um certificado de seguro de veículos
    • Passaporte

Se o veículo não está registrado em seu nome, deve levar uma carta do proprietário ou da locadora onde você alugou seu carro registrado dando permissão para dirigir.

Primeiro vou falar e dar algumas dicas da Normandia, lugar onde aconteceu o que foi considerado o mais longo dia da humanidade, o “DIA D” ! O desembarque das tropas aliadas e onde tudo começou a dar errado para os alemães na segunda grande guerra.

O lugarejo que mais chama a atenção é se dúvida o Mont Saint Michael fica a 360 km a oeste de Paris foi . Uma ilhota rochosa na foz do rio Couesnon,  foi construída no século XI e fortificado posteriormente. O santuário foi construído em homenagem ao arcanjo São Miguel.

Foi ponto de encontro dos cruzados no século XII que  se direcionavam a terra santa, denominada “bastides”.

100_4166
Mont Saint Michael
100_4153
Mont Saint Michael
100_4123
Mont Saint Michael
100_4103
Mont Saint Michael

Cerca de 3 milhões de turistas visitam o local anualmente. Para os que não têm muito tempo, existem tours de um dia,  normalmente saem da “Rue de Rivoli” em Paris . Ida e volta no mesmo dia – saída às 7.15 e volta às 21.15 horas – todos os dias menos no domingo – preço: 158 euros por pessoa com almoço e bebidas incluído ou pode se contratar tour privado direto em seu hotel.

100_4367
Houfleur

Saímos em direção a  Houfleur, cidade bem perto que onde o Rio Senna  se encontra com mar, cidadezinha pitoresca cheia de restaurantes e lojinhas, super agradável, o clima sempre é ameno e chove muito durante o ano todo! Uma tarde é suficiente para a visita que com a pequena cidade pequena que é imperdível.

Dormir em Roen é um barato e conhecer a história  de Joana D’arc visitar a praça onde ela foi queimada e visitar o monumento dedicado a ela é muito legal a cidade é grande e tem uma boa estrutura turística. Para os que vão a Normandia é um bom lugar de referencia podendo dormir ali e passar os dias em outra cidadezinhas da região.

DSC_4010
Notre Dame de Roen
DSC_3997
Notre Dame de Roen

Bom nada melhor que uma praia ! No inverno ? Não dá !

Tudo bem logo pertinho fomos visitar Deville e Trouville cidadezinhas coladas uma na outra que no verão é reduto de milionários europeus e no inverno o movimento é menor e os cassinos continuam a todo vapor o que é permitido e conta com uma arquitetura sem igual.

100_4302
Praia de Deuville
100_4326
Cassino de Deuville

Em uma escapulida ainda você pode  visitar  St. Malo cidade murada com um charme sem igual, praias, restaurantes e um porto que muitos navios atracam e desembarcam turistas para visitar a cidade durante o dia e embarcam a noite.

100_4211
St. Malo
100_4173
St. Malo
100_4186
St. Malo
100_4212
St. Malo

Um passeio imperdível é a cidade Fougéres, cidade típica da Bretanha, muito bem cuidada, com convidativos bares nas calçadas, um chateau muito bonito para ser visitado e, lógico, uma parada para comer o típico crepe do local. Passe uma manhã ou uma tarde caminhando por suas ruelas, sua igreja no alto de um morro, seu pequeno, mas interessante jardim público e você não vai se arrepender.

100_4298
Chateau de Fougeres
100_4292
Chateau de Fougeres
100_4276
Chateau de Fougeres
100_4269
Chateau de Fougeres

Dicas de viagem:

O melhor jeito de rodar definitivamente é de carro.

Saindo de Paris para visitar a Normandia e Bretanha é bom definir uma cidade como base e visite as outras durante o dia assim não é necessário ficar trocando de hotel o tempo toto já que as distâncias são curtas e as estradas lindas.

Não deixe de visitar Le Mans onde acontece a famosa corrida 24 horas.

DUBAI, imponente, moderna !

Aqui tem, o maior shopping center do mundo, o hotel mais luxuoso e o prédio mais alto do planeta.

2240
Os arranha céus de Dubai
Chegando em Dubai na saída do Aeroporto

Dubai é a viagem desta semana, a cidade mais futurista do mundo. Localizada ao longo da costa sul do Golfo Pérsico na Península Arábica na Ásia. A maior cidade dos Emirados Árabes Unidos, com cerca de 2,3 milhões de habitantes, é também uma das mais curiosas do mundo já que 80% da população é composta por imigrantes. Entre 2004 e 2006 o governo teve a certeza que ser dependente do comércio e do petróleo, não seria promissor nem durador, assim contrataram realizaram uma importante consultoria, para fazer um estudo das potencialidades da cidade.  Os estudos mostraram que a região era muito favorecida geograficamente e que poderia ser um centro de logística e distribuição.

Outros pontos relevantes deveriam ser observados, como hotelaria e serviços,  já que eram precários e não atenderiam as necessidades da demanda gerada. Assim o Shiekh  Mohammed bin Rashid Al Maktoum herdeiro começou revolucionar Dubai, e iniciou os trabalhos para transformar seu território. Um dos maiores investimentos em turismo e serviços do mundo, construiu um aeroporto que atende uma demanda de “hub” fazendo com que sua empresa a Emirates se tornasse uma das maiores do mundo. E aproveitasse a localização geográfica ligando o oriente ao ocidente. Construiu e incentivou a instalação de centros comerciais gigantescos em um polo empresarial que atende as necessidades de empresas multinacionais em seu país. Assim poderiam ter uma sede para os países Árabes e oriente médio, uma vez que é o país mais flexível religiosamente.

2254
Pista de ski artificial dentro do Dubai Mall, Os termômetros nas ruas marcavam 38 graus e no shopping o pessoal se divertindo na neve
2266
O maior aquário indoor do mundo, dentro do Dubai mall

Sabendo que um dos maiores atrativos para turistas são as praias, e como o território era pequeno, decidiram então que deveriam expandir seu território e criaram uma nova região denominada Palm Island que tem um projeto inovador e caro. Um total de duas palmeiras e um mundo construído artificialmente com elementos naturais pedras e areia dariam uma marina com residências e praias particulares que aumentaria e atenderia a necessidade. Bingo! Foi assim o planejamento de um Shiekh inovador jovem e sem limites. Um paraíso em compras, restaurantes e hotéis que atende a necessidade de todos homens de negócios ou turistas.

De  “hub” aéreo à cidade desejo. Com tantos voos e destinos, o centro de conexão em Dubai tornou um lugar estratégico para muitos quer querem aproveitar e passar alguns dias agradáveis curtindo o que tem de melhor! Quem vai para a Asia é uma ótima parada para um descanso.

2166
Imagine-se a uma altura de 828 metros ou quase 1 km. Pois essa é a altura do Burj Khalifa Bin Zayid, localizado em Dubai, o prédio é maior arranha céu já construído pelo homem.
2191
Uma das principais atrações do local é justamente a vista inacreditável que ele proporciona, o deck de observação-At The Top é aberto ao público e começa no 124 andar indo até o 442. O custo do passeio fica em torno de 100 dirhams, aproximadamente 27 dólares, mas é preciso comprar com antecedência e o horário da visita é marcado. Já se quiser subir imediatamente é preciso desembolsar 400 dirhams.
2213
Hotel Burj Al Arab, de luxo extraordinário, o único hotel “sete estrelas” do mundo está localizado em sua própria ilha artificial, próximo ao litoral de Dubai

Dicas de viagem :

Voar para a Dubai  tem que ser com a Emirates  ou conexão via Europa ,

Documentos:  Passaporte válido por 6 meses, visto são necessários.

Seguro: Nunca vá sem um seguro de viagens.

Moeda:  Dirham, cartões de crédito e traveller checks são  aceitos.

Roupas: mesmo no inverno faz calor, leve roupas leves e confortáveis.

Gorjetas: É sempre recomendado dar uma gorjeta , um “agrado” as pessoas ao seu redor.

Comida : Mesmo deliciosa, é muito diversificada predominante a Árabe, com muita carne de cordeiro e peixes .

Cultura: O povo são os emirates, são ótimas pessoas e muito reservados.

Segurança: É um país Muito seguro 

Voltagem 220 v

Clima: evite maio a setembro que são os meses mais quentes.

ALFRE

Viajando para Bangkok

Bangkok fica localizada na conhecida região da INDOCHINA,  entre a Índia e a China. A cidade de quase 9 milhões de pessoas funciona nas margens do Rio Chao Praya e seus afluentes que cortam toda a cidade e funcionam como artéria da cidade,  pessoas e mercadorias são transportadas freneticamente pelas águas. A abreviação do nome da cidade costuma ser atribuída a Bangkok. O nome da cidade na escrita tailandesa, segundo o Guinness Book, é o mais extenso do mundo: Krung Thep Mahanakhon Amon Rattanakosin Mahinthara Ayuthaya Mahadilok Phop Noppharat Ratchathani Burirom Udomratchaniwet Mahasathan Amon Piman Awatan Sathit Sakkathattiya Witsanukam Prasit  em Tailandês:กรุงเทพมหานคร อมรรัตนโกสินทร์ มหินทรายุธยามหาดิลก ภพนพรัตน์ ราชธานีบุรีรมย์ อุดมราชนิเวศน์ มหาสถาน อมรพิมาน อวตารสถิต สักกะทัตติยะ วิษณุกรรมประสิทธิ์ são 150 letras, porém nem mesmo os locais sabem pronunciar .

Uma das mais exóticas cidades, Bangkok  traduz sua gastronomia, e seus aspectos religiosos, suas tradições, em uma sofisticada cidade que se mistura com aromas e lojas para todos os gostos. Uma das coisas mais interessantes na cidade são alfaiates que estão por todos os lugares, fazem ternos em até 12 horas.

145
Sombrinha típica da Bangkok
20140519_090728
Budas em tempço Budista
20140518_203553
Bangkok à noite vista de cima
188
Meninos monges

Transporte:

Uma linha de “ônibus barco” transita com uma eficiência impressionante pelo rio com um preço de menos de U$1,00 .Ao chegar  já logo temos a impressão do caos urbano, porém a cidade é bem organizada e funcional, dispões de um ótimo SKY TRAIN o metrô suspenso que se pode pegar no aeroporto e ir a maioria das principais localidades da cidade

Normalmente Táxis pegos nas portas dos hotéis cobram preços fixos e tabelados fora do taxímetro, o Tuc Tuc sempre leva em alguma loja ou agencia para compras onde ganham um troco por isso, não é perigoso porém perde se tempo e é incomodo, portanto sempre seja firme e nunca aceite esse tipo de tramóia .

Segurança:

Ao contrário do que aparenta BKK é uma cidade bastante segura, mas como em qualquer cidade grande trombadinhas sempre estão em alerta para turistas distraídos nas portas dos monumentos turísticos.

Comida:

Em BKK existem muitos restaurantes da fabulosa, deliciosa, saborosa comida TAY, porém os tailandeses adoram mesmo é a comida de rua, milhares de barraquinhas tomam as calçadas de BKK  com todo tipo de comida, além de barata é farta, além de deliciosa e sempre fresca!

Visitas:

Na Tailândia são cerca de 31000 templos budistas mas um dos que mais chama a atenção está em BKK temos Wat Arun (Templo do amanhecer) fica na margem direita do rio em frente ao Palácio real formando um dos mais belos complexos turísticos da Asia.

DSC_6135
Palácio Real
DSC_6054
Palácio Real
DSC_6013
Palácio Real
DSC_0399
Wat Pho
20140519_103000
Palácio Real
20140519_095918
Palácio Real
20140519_095110
Palácio Real
20140519_090751
Palácio Real
20140519_091540
Buda de Esmeralda no Palácio Real

O Grande Palácio Real é um conjunto de edifícios  que serviu como residência oficial do rei de Tailândia desde o século XVII até o século XX.  Merece uma visita!  É imponente e está distribuído em várias  partes cada uma com suas particularidades e importância,  dois templos dentro do complexo chamam muito a atenção  Wat Phra Kaew  templo Buda de esmeralda e Wat  Pho onde está o maravilhoso Buda deitado com 46 metros de comprimento por 15 de altura, folheado a ouro.

Uma observação very important ! Tem algumas restrições com relação a roupa para entrar no complexo.

Muito bem localizado está o bairro de Silom  sofisticado e bem frequentado possui uma enorme quantidade de lojas e alfaiates onde se pode fazer ternos por preços bem baratos e tecidos de toda a Asia, sem falar nas galerias de artes TAY com artigos de decoração de todos os gostos .

Nas redondezas de BKK  existem vários passeios para fazer, dois imperdíveis são:  o Floating Market  e a colônia de elefantes . Dependendo do trânsito, em uma hora estamos no Floating Market, um mercado que vende de tudo principalmente frutas tropicais que são abundantes na Tailândia, souvenirs locais como estátuas de Buda e artigos de decoração, um passeio fantástico ! Pertinho do mercado flutuante  esta a vila dos elefantes onde se faz um passeio bem legal por uma mata curtindo grandalhões que adoram bananas !

DSC_5902
Colônia de Elefantes
DSC_5840
Floating Market
Floating Market
DSC_5701
Colônia de elefantes

Se passar por BKK  por um fim de semana não deixe de visitar o mercado de fim de semana, Chatuchak Market ou weekend Marktet que recebe cerca de 200 mil pessoas e é o maior da Asia só funciona aos fins de semana, a maneira mais fácil de ir é de metro o SKY TRAIN e para na porta. O melhor lugar para compras!  Lá você pode comprar de tudo, comida, roupas , tecidos, artigos de decoração, roupas, artesanatos,  de tudo um pouco; é uma loucura principalmente para aqueles que não conseguem ficar sem uma comprinha!

Asiatique, local onde se pode comprar em lojinhas com preços mais caros porém com mais tranquilidade, restaurantes de alta qualidade, uma roda gigante bem bacana, tipo um shopping. Abre todos os dias após 16:00hs e para chegar,  deve tomar um tuk tuk ou o SKY TRAIN até a estação de Chao praia, logo abaixo existe um ponto do barco do mercado que é de graça.

20140519_215734
Asiatique, um porto antigo que virou um shopping
20140519_200924
Asiatique,

Muay Thai (o esporte nacional)

Muay Thai é o esporte nacional, “a arte das oito armas“, pois carateriza-se pelo uso combinado de punhos, cotovelos, joelhos, canelas e pés. Muito legal é ir a noite ver em um dos dois grandes estádios da cidade uma noite de luta com os melhores lutadores do país, existem dois grandes estádios, o Lumpinee e o Ratchadamnoen.

Dicas:

Voar para a BANGKOK   deve ser via  Europa ou Oriente Médio se for com a Emirates você terá um enorme prazer em voar com os modernos A380 podendo ficar em Dubai até 96 horas com visto solicitado no aeroporto de DUBAI.

Documentos:  Passaporte válido por 6 meses, Certificado de vacina febre amarela.

Seguro: Nunca vá sem um seguro de viagens.

Moeda: Baht,  cartões de crédito e traveller checks são aceitos.

Roupas: mesmo no inverno faz calor leve roupas leves e confortáveis.

Gorjetas: São como no Brasil .

Comida : Mesmo deliciosa, é muito apimentada para nosso paladar e não se esqueça as barraquinhas são verdadeiras delícias nas ruas , são tradicionais na cidade .

Segurança: É um país  seguro porém há trombadinhas de plantão rondam os pontos turísticos.

Voltagem 220 v

Clima: evite maio a setembro que são os meses mais quentes e o período das monções.

Viajar em Grupo

Para quem fica muito inseguro diante da ideia de sair sozinho por aí, a facilidade de ter alguém que pensou em tudo por você, que vai “cuidar” de você do embarque ao desembarque, como acontece nos grupos (pacotes, excursões) é mesmo imbatível. Fora a sensação de segurança, afinal; se você não aparecer no dia seguinte para o café da manhã, alguém do grupo sentirá sua falta, certo?

Num grupo é fácil fazer novas amizades, trocar ideias, criar vínculos, ter uma segunda opinião sobre uma compra, lugares a serem visitados e você tem sempre companhia para sair; jantar sozinho ainda é o grande tabu da maioria das pessoas.

Algumas agências tem clubes de encontro, que acontecem uma vez por mês, onde as pessoas se conhecem e se tornam amigas de viagem dividem apartamentos já que ficar sozinho em apartamento SINGLE é muito mais caro.

Principalmente em países língua muito diferente da nossa, com sistema de transporte mais precário, ou muito conservadores, no que diz respeito às mulheres, sobretudo, entrar num grupo é boa saída.

Voltamos de uma viagem em grupo sempre com boas lembranças e ótimos amigos!

Semana passada falamos sobre viajar sozinho, acho que vale pensar nos pros e contras, identificar bem o seu perfil (como pessoa e como viajante) e, daí sim, bater o seu martelo para a próxima viagem. Sim, para a próxima. Porque depois, numa outra oportunidade, nada impede que você mude de ideia e teste um outro jeito de viajar, certo?

Seguem algumas fotos dos nossos grupos pelo mundo…

945217_745726115441995_766618584_n
SS viagens na França
994350_745725592108714_21840792_n
Disney com SS viagens
1452149_770891262925480_504333047_n
Las Vegas, hoover Dam, divisa entre Arizona e Nevada
1622706_973039652710639_8186548343489985995_n
Croácia
10155469_844263205588285_531846810_n
Japão
10372099_987635977917673_9217436156131735359_n
Japão
11046444_1055166264497977_1414712693613836149_n
India
11046864_1055166161164654_3479722083248052772_n
India

Viajar sozinho

Existem muitos viajantes que afirmam que viajar sozinho é a melhor maneira de ver o mundo.  Viajar sozinho  é uma viagem de auto-descoberta. Viagens Solo podem ser deliciosas, você pode passar um dia sem fazer nada ou ficar em um único museu. É a oportunidade ideal para experimentar algo novo.  Ainda assim, existe uma preocupação para muitos viajantes individuais; segurança: o simples fato, é que há países que são estatisticamente mais seguro do que outros, basta pesquisar uma boa opção.  Escolha um país onde você vai se sentir bem-vindo, uma nação onde você pode facilmente interagir com os moradores, onde a conversa flui com facilidade, mesmo se você está lutando a língua nativa. Para os que escolhem viajar sozinhos é fundamental se conectar com a cultura e não se sentir como um  estrangeiro.

Antes de escolher o destino verifique os números do Global Piece Index,  que classificou 162 países por sua tranqüilidade, e o Happy Planet Index, que analisou o bem-estar do ser humano em 151 países.

Para o público feminino existem sites e blogs somente para elas com dicas e sugestões:

Indico este:

http://www.journeywoman.com/

Se você gosta de sua companhia e está preparado para estar com você mesmo, se prepare para as melhores e mais fantásticas aventuras. Tenho notado que muitos clientes (de todas as idades) têm vontade de viajar mas falta companhia. Muitos nem sabem que existem várias opções de roteiros de grupos e que podem ficar em apartamento “single” e desfrutar de uma ótima viagem. Já para os mais novos e que querem uma viagem mais econômica, Hostels são uma boa opção, são baratos e os viajantes ainda vão conhecer gente de todo tipo e lugar.

O mais interessante de viajar sozinho, é o horário de fazer as coisas, você acorda, dorme, sai e come quando achar que deve, não tendo que atender as necessidades de um grupo ou de amigo. Ser um pouco egoísta às vezes faz bem.

Viajar sozinho é uma experiência fantástica!

Dicas:

Sempre leve um livro.

Encaixe-se em passeios programados com outros turistas,

Procure lugares com seu perfil assim encontrará semelhantes para troca de experiências e amizades.

Entre em redes sociais de viajantes, lugares e destinos para saber o que fazer e o que está acontecendo.

Cuidado e segurança são de primeira necessidade uma vez que não tem a quem recorrer.

No próximo post vamos falar da experiência de viajar em grupo!

%d blogueiros gostam disto: