Efeito Visto Emirados Arabes

 

Visto eletrônico para o Brasil cresce 50%

Já em abril deste ano, as solicitações de visto para o Brasil, solicitados por países Austrália,  Canadá,  Estados Unidos e  Japão, tiveram um aumento de 49%, em relação ao  ano passado. Dados  do programa eVisa.

De acordo com o Ministério do Turismo, o aumento de turistas representa um acréscimo  de mais de  R$ 20 milhões na economia por mês.

O Canadá foi o país que mais resultado  teve com 74,55% de aumento nas solicitações. Mias de 1.461 vistos eletrônicos, só em abril de 2018, contra menos de 900 no ano passado onde ainda era tirado visto por consulados. A Austrália foi solicitou em abril deste ano 1.399 vistos eletrônicos, mais de 50%  do que os cerca de 900 vistos emitidos em abril de 2017.

Em números totais, Estados Unidos  teveum aumento de 44,17% com mais de 12 mil vistos eletrônicos emitidos em abril de 2018  e 8,5 mil no mesmo mês de 2017, quando o eVisa ainda não existia. O Japão foi o mais tímido com apenas  25%, de aumento totalizando 1.950 vistos eletrônicos em abril  e 1.560 vistos emitidos ano passado em consulados.

Desde  novembro de 2017  já foram emitidos mais de 50 mil  vistos eletrônicos para o Brasil. Um total de 52.672 vistos emitidos para turistas dos quatro países nesse período.

Agora Os UAE também anunciam uma boa ação para brasileiros que por sua vez também passam a ter a reciprocidade com os UEA e assim espera se que bem mais de  R$ 20 milhões sejam inseridos na economia por mês.

 

A imagem pode conter: texto

Comunicado feito no facebook pela Embaixada UAE

Anúncios

Reino do Camboja / ព្រះរាជាណាចក្រកម្ពុជា

Místico e maravilhoso.

Praia, lagos e montanhas fazem parte da fantástica geografia do Camboja, das sangrentas batalhas à paz espiritual que teve origem no  hinduísmo e no budismo a arquitetura imponentes dos templos e palácios fazem o país um lugar mágico.

1949

Portal para Angkor Thon

2013

Angkor Thon a grande capital, é toda murada e abrange vário templos.Nada mais justo que começar a falar deste magnífico lugar  começando por Angkor Wat a capital,  ponto principal e para muitos único, já que algumas pessoas visitam a cidade exclusivamente por esse templo e aproveitam o parque nacional com inúmeros outros templos, dentre os que são imperdíveis , Bayon com as faces de Budha, Banteay Srei, dedicado ao Deus Shiva, Preah Khan que signifíca espada sagrada entre muitos outros.

1936

Cara de Buda

1871

Templo de Bayon

Sua importância é devido ao tamanho e por ter sido a capital do reino, do Rei Suryavarman que o construiu para ser o centro de seu reino no início do século XII, é o templo mais conservado do Camboja e fica somente 5,5 km de distancia da cidade de Siem Reap, a ocupação por monges budistas que por anos e anos ali mantiveram um monastério não permitindo que a ação do tempo o danificasse. É dedicado ao Deus Vixnu  e representa os picos do monte Meru , morada dos Deuses.

DSC_2604

Templo de Angkor Wat

 

Uma dica muito importante é quando for visitar entre sempre pela entrada Ta Kou, o que seria pelo fundo onde terá uma vista maravilhosa e passará por todo interior do templo chegando a frente assim poderá ver as duas faces do templo e não somente uma que a maioria dos turistas fazem.

1553

Cerca de 20 mil pessoas estima se viveram ali entre os séculos IX e XV, o império chegou a se estimar  em meio milhão.

Outra dica é para tirar uma boa foto, sem dúvida é ao lado esquerdo do templo pela frente onde existe um lago e uma feira de artesanatos, neste lugar a água reflete e dá uma das mais lindas lembranças de viagem no fim do dia.

1763

Sem dúvida a melhor forma de chegar é via Bangkok, e de lá algumas cias aéreas voam a Angor.

A Capital é Phnom Penh  uma cidade grande onde  a população passa de 1.5 milhões encontra se o palácio real que vale a visita, porém aos que não dispões de muito tempo, o grande negócio é visitar realmente Siem Reap.

1892

1978

 

 

 

 

Viajar em Grupo

Para quem fica muito inseguro diante da ideia de sair sozinho por aí, a facilidade de ter alguém que pensou em tudo por você, que vai “cuidar” de você do embarque ao desembarque, como acontece nos grupos (pacotes, excursões) é mesmo imbatível. Fora a sensação de segurança, afinal; se você não aparecer no dia seguinte para o café da manhã, alguém do grupo sentirá sua falta, certo?

Num grupo é fácil fazer novas amizades, trocar ideias, criar vínculos, ter uma segunda opinião sobre uma compra, lugares a serem visitados e você tem sempre companhia para sair; jantar sozinho ainda é o grande tabu da maioria das pessoas.

Algumas agências tem clubes de encontro, que acontecem uma vez por mês, onde as pessoas se conhecem e se tornam amigas de viagem dividem apartamentos já que ficar sozinho em apartamento SINGLE é muito mais caro.

Principalmente em países língua muito diferente da nossa, com sistema de transporte mais precário, ou muito conservadores, no que diz respeito às mulheres, sobretudo, entrar num grupo é boa saída.

Voltamos de uma viagem em grupo sempre com boas lembranças e ótimos amigos!

Semana passada falamos sobre viajar sozinho, acho que vale pensar nos pros e contras, identificar bem o seu perfil (como pessoa e como viajante) e, daí sim, bater o seu martelo para a próxima viagem. Sim, para a próxima. Porque depois, numa outra oportunidade, nada impede que você mude de ideia e teste um outro jeito de viajar, certo?

Seguem algumas fotos dos nossos grupos pelo mundo…

945217_745726115441995_766618584_n

SS viagens na França

994350_745725592108714_21840792_n

Disney com SS viagens

1452149_770891262925480_504333047_n

Las Vegas, hoover Dam, divisa entre Arizona e Nevada

1622706_973039652710639_8186548343489985995_n

Croácia

10155469_844263205588285_531846810_n

Japão

10372099_987635977917673_9217436156131735359_n

Japão

11046444_1055166264497977_1414712693613836149_n

India

11046864_1055166161164654_3479722083248052772_n

India