Efeito Visto Emirados Arabes

 

Visto eletrônico para o Brasil cresce 50%

Já em abril deste ano, as solicitações de visto para o Brasil, solicitados por países Austrália,  Canadá,  Estados Unidos e  Japão, tiveram um aumento de 49%, em relação ao  ano passado. Dados  do programa eVisa.

De acordo com o Ministério do Turismo, o aumento de turistas representa um acréscimo  de mais de  R$ 20 milhões na economia por mês.

O Canadá foi o país que mais resultado  teve com 74,55% de aumento nas solicitações. Mias de 1.461 vistos eletrônicos, só em abril de 2018, contra menos de 900 no ano passado onde ainda era tirado visto por consulados. A Austrália foi solicitou em abril deste ano 1.399 vistos eletrônicos, mais de 50%  do que os cerca de 900 vistos emitidos em abril de 2017.

Em números totais, Estados Unidos  teveum aumento de 44,17% com mais de 12 mil vistos eletrônicos emitidos em abril de 2018  e 8,5 mil no mesmo mês de 2017, quando o eVisa ainda não existia. O Japão foi o mais tímido com apenas  25%, de aumento totalizando 1.950 vistos eletrônicos em abril  e 1.560 vistos emitidos ano passado em consulados.

Desde  novembro de 2017  já foram emitidos mais de 50 mil  vistos eletrônicos para o Brasil. Um total de 52.672 vistos emitidos para turistas dos quatro países nesse período.

Agora Os UAE também anunciam uma boa ação para brasileiros que por sua vez também passam a ter a reciprocidade com os UEA e assim espera se que bem mais de  R$ 20 milhões sejam inseridos na economia por mês.

 

A imagem pode conter: texto

Comunicado feito no facebook pela Embaixada UAE

Anúncios

Vacina febre amarela.

Conforme  a OMS, os Estados Unidos e a Europa não fazem exigência da vacina de febre amarela.

Outros países , como Austrália, Bolívia, Equador e África do Sul, já exigem a apresentação do certificado.

Confira lista de países que exigem certificado de vacina da febre amarela, segundo a OMS

Afeganistão

África do Sul

Albânia

Antígua e Barbuda

Angola

Anguilla

Antilhas Holandesas

Arábia Saudita

Argélia

Austrália

Bahamas

Bangladesh

Bahrain

Barbados

Belize

Benin

Bolívia

Botsuana

Brunei

Burkina Fasso

Burundi

Butão

Cabo Verde

Camboja

Camarões

Cazaquistão

Cingapura

Chade

China

Colômbia

Congo

Coreia do Sul

Costa Rica

Costa do Marfim

Djibouti

Dominica

Egito

Equador

Eritreia

El Salvador

Etiópia

Fiji

Filipinas

Gabão

Gâmbia

Gana

Guiné Equatorial

Granada

Guadalupe

Guatemala

Guiana Francesa

Guiné

Guiné-Bissau

Haiti

Honduras

Iêmen

Ilhas Maurício

Ilhas Reunião

Ilhas Salomão

Ilhas Seychelles

Índia

Indonésia

Irã

Iraque

Jamaica

Jordânia

Kiribati

Laos

Lesoto

Líbano

Libéria

Líbia

Madagáscar

Malaui

Malásia

Maldivas

Mali

Malta

Martinica

Mauritânia

México

Mianmar

Moçambique

Montserrat

Namíbia

Nauru

Nepal

Nova Caledônia

Nicarágua

Níger

Nigéria

Omã

Panamá

Papua-Nova Guiné

Paquistão

Paraguai

Quênia

Quirguistão

República Centro-Africana

República Democrática do Congo

Ruanda

São Cristóvão e Nevis

São Vicente e Granadinas

Saint-Barth

Saint Helena

Saint Martin

Samoa

Santa Lúcia

São Tomé e Príncipe

Senegal

Serra Leoa

Somália

Sri Lanka

Sudão

Suazilândia

Suriname

Tailândia

Tanzânia

Timor Leste

Togo

Trinidad e Tobago

Tunísia

Uganda

Venezuela

Vietnã

Zâmbia

Zimbábue

As top 20 do mundo em 2017.

Saiba quais as cidades mais visitadas no mundo e indique a que você conhece e qual pretende ir.
lista dos 20 cidades mais visitadas do mundo em 2017.
 
Hong Kong -China – 25,6M
Bangkok -Tailândia – 23,2M
Londres -Reino Unido – 19,8M
Cingapura – 17,6M
Macau – 16,2M
Dubai- Emirados Árabes Unidos – 16M
Paris – 14,2M
Nova York – 13,1M
Shenzhen -China – 12,9M
Kuala Lumpur -Malásia – 12,8M
Phuket -Tailândia – 12M
Delhi -Índia – 10,2M
Tóquio – 9,7M
Roma – 9,5M
Taipei -Taiwan – 9,3M
Guangzhou- China – 9M
Mumbai- Índia – 8,8M
Meca -Arábia Saudita – 8,7M
Istambul -Turquia – 8,6M
Praga- República Tcheca – 8,5M

Casamentos no exterior.

 

Quero casar no exterior.

Casar em Las Vegas ou na Itália?

Segundo levantamento feito pela Abrefesta a entidade  que reúne as empresas de serviços para eventos, a indústria do casamento gira no Brasil   cerca de 15 bilhões de reais por ano, cerca de 1.1 milhão de casamentos por ano. Todos os anos a Expo Noivas feira especializada, fecha cerca de 300 milhões em negócios.

Uma indústria que não para de inovar e crescer.

Com muita atenção e vendo um potencial, outros países rapidamente abriram suas portas para esse mercado que já é uma realidade.

Entre os que oferecem vários tipos de casamentos podemos citar o Tahiti  e Ilhas Maldivas com suas lindas praias, Cancun no México, e a Itália entra com força nesta disputa seguida por Las Vegas nos USA esses últimos dois destinos com mais força  já que são lugares que possibilitam unir o útil ao agradável cerimonia e lua de mel no mesmo lugar e para os convidados umas férias junto aos noivos.

O custo de uma viagem para casal com uma cerimônia depende do que ela inclui.

Alguns sites oferecem online tudo que a noiva precisa de transporte até a cerimonia total com valor legal ou não, entre as mais solicitadas  a Tradicional com valor legal, renovação de votos indicada para casais que já se casaram há alguns anos e pretendem renovar seus votos. Cerimônia de Compromisso proporciona ao casal um momento simbólico porém sem valor legal.

E para isso o mais fácil é contratar um cerimonial no destino.

Algumas dicas são o   https://cerimoniallasvegas.com.br/   em Las Vegas onde o competente Jaime faz as boas vindas.

E o http://www.weddingwithaview.biz/ na Itália que faz a estimativa completa de um orçamento online.

A imagem pode conter: 1 pessoa, atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas em pé

Esse foi meu casamento no Marrocos.

Ilhas ou continente.  Presente, passado e futuro !

Logo ao chegar em Pequim (ou Beijing) já se pude ver o que me esperava: tudo enorme e imponente como a China é! O terceiro maior país do mundo é, também, o mais populoso.

O que impressiona logo na chegada é o aeroporto, que me deu a impressão de abandono… Que nada! É que ao contrário do Brasil, o aeroporto foi projetado para atender a demanda dos próximos 20 anos, feito para durar e ser eficiente. O aeroporto é tão grande que um esquema de trem foi criado para ligar os terminais, o que parece ser um metro de tão grande e perfeito.

 

CSC_0171

Entrada da cidade proibida

Vou falar de Beijing, Xangai e Xian, o que eles chamam de “main Land”: Beijing, a China atual; Xian, a China antiga; e Xangai, a China do futuro.

Beijing:  depois de 32 horas de voo e aeroporto, uma noite bem dormida, saímos para uma visita à cidade do céu… Uhmmm, esquece, nunca consegui ver! Sempre cinza e escuro devido à poluição.

A capital é uma cidade muito grande e acolhedora,  onde está a sede do Partido Comunista. Tem uma população de 21 milhões e é voltada para a indústria e o turismo.

 

DSC_0024

Beinjing no inverno.

 

A Cidade Proibida, continua proibida! Na verdade, só uma pequena parte da cidade é aberta a visitação. O nome veio da cidade que somente o imperador, sua família e serviçais tinham acesso.

DSC_0107

Porta cidade proibída

DSC_0082

Parte interna da cidade proibida

 

No segundo dia o frio era de lascar e saímos cedo para o passeio a Grande Muralha da China.

No primeiro dia percebi que as pessoas tiravam fotos minhas discretamente e aos poucos fui entendendo que, com a nova classe média chinesa, pessoas de províncias distantes e sem turismo somente viam pessoas loiras por TV e achavam aquilo o máximo! Assim, comecei a perceber e oferecer para tirar fotos (me senti artista por alguns dias)!

815

Logo depois saímos para XIAN os soldados de terracota! Diz a lenda diz que os antigos imperadores  reproduziam soldados de terracota para uma vida pós-morte  onde teriam a proteção  do exército que criasse em vida.

Não curto muito show de músicas típicas que são bem comuns quando se viaja. Porém, o teatro imperial chinês tem um espetáculo em Xian que não se compara a nenhum outro.

112311311136

Finalmente chegamos a fantástica Shangai, cidade que é uma das mais modernas do mundo.

O contraste entre o novo e o velho é marcante. A cidade é tão moderna que as principais vias de acesso são monitoradas para informar aos motoristas o movimento dos carros e intensidade de trânsito.

Porche, Maclaren, Mercedes, BMW, Ferrari e Maserati são algumas marcas que possuem lojas das fábricas na cidade. O lugar tem tanto milionário que já é o segundo maior comprador de Ferrari no mundo.

Prada, Louis Viton, Chanel e Hermes são lojas que estão presente na moda chinesa. A china se tornou um  mercado importantíssimo para a moda já que os novos milionários consumistas adoram sustentar roupas e carros de marcas mundialmente conhecidas.

 

1192120512261258132013301348

 

Dicas de viagem 

– Voar para a China  tem que ser via Europa, Oriente Médio ou África do Sul.

– Documentos:  Passaporte válido por 6 meses, visto antecipado na embaixada da China. Certificado de vacina febre amarela.

– Seguro: Nunca vá sem um seguro de viagens.

– Moeda: Iuan. Cartões de crédito e traveller checks são pouco aceitos, a não ser em lojas maiores.

– Roupas: No verão é muito quente e úmido, invista em roupas leves e confortáveis. Já no inverno o frio é rigoroso e neva em muitas partes do território.

– Gorjetas: São quase que uma instituição na China. É uma cultura sempre dar uma gorjeta e um “agrado”as pessoas ao seu redor.

– Comida: Mesmo deliciosa, é muito apimentada para o nosso paladar. Muito vegetal e molhos agridoces.

– Cultura: O povo Chinês é muito agradável, adoram ser prestativos, mesmo quando não entendem nada que você fala (chamam um depois outro até alguém descobrir o que você precisa). Muitas vezes são engraçados e tímidos.

– Segurança: É um país seguro, mesmo os taxis normalmente não enrolam turistas. Procure no seu hotel uma cartilha que existe em inglês, francês, alemão e até espanhol com o nome dos principais locais na língua escolhida e, assim, você somente precisa mostrar na sua língua, a tradução está ao lado.

– Voltagem: 220 v

– Clima: evite outubro a fevereiro e junho a agosto que são os meses mais quentes e frios.

 

Vai um queijinho ai?

tipos-de-queijo-95825986

A partir de agora, os passageiros que vierem do exterior,podem entrar no Brasil com produtos de origem animal  queijos, salames e doces de leite. A decisão foi instituída pela ministra Kátia Abreu (Agricultura, Pecuária e Abastecimento), nesta terça-feira (10), por meio de instrução normativa. A medida traz melhorias no processo de fiscalização do trânsito internacional, que terá foco em produtos de maior risco.

Até agora, somente os processados de origem vegetal eram liberados.

Os produtos que estão autorizados se dividem nos seguintes grupos:

Produtos cárneos industrializados destinados ao consumo humano (esterilizados comercialmente, cozidos, extratos ou concentrados de carne etc);

Produtos lácteos industrializados (doce de leite, leite em pó, manteiga, creme de leite, queijo com maturação longa, requeijão etc);

Produtos derivados do ovo (ovo em pó, ovo líquido pasteurizado, clara desidratada etc);

Pescados (salgado inteiro ou eviscerado dessecado, defumado eviscerado, esterilizado comercialmente);

Produtos de confeitaria que contenham ovos, lácteos ou carne na sua composição;

Produtos de origem animal para ornamentação.