Efeito Visto Emirados Arabes

 

Visto eletrônico para o Brasil cresce 50%

Já em abril deste ano, as solicitações de visto para o Brasil, solicitados por países Austrália,  Canadá,  Estados Unidos e  Japão, tiveram um aumento de 49%, em relação ao  ano passado. Dados  do programa eVisa.

De acordo com o Ministério do Turismo, o aumento de turistas representa um acréscimo  de mais de  R$ 20 milhões na economia por mês.

O Canadá foi o país que mais resultado  teve com 74,55% de aumento nas solicitações. Mias de 1.461 vistos eletrônicos, só em abril de 2018, contra menos de 900 no ano passado onde ainda era tirado visto por consulados. A Austrália foi solicitou em abril deste ano 1.399 vistos eletrônicos, mais de 50%  do que os cerca de 900 vistos emitidos em abril de 2017.

Em números totais, Estados Unidos  teveum aumento de 44,17% com mais de 12 mil vistos eletrônicos emitidos em abril de 2018  e 8,5 mil no mesmo mês de 2017, quando o eVisa ainda não existia. O Japão foi o mais tímido com apenas  25%, de aumento totalizando 1.950 vistos eletrônicos em abril  e 1.560 vistos emitidos ano passado em consulados.

Desde  novembro de 2017  já foram emitidos mais de 50 mil  vistos eletrônicos para o Brasil. Um total de 52.672 vistos emitidos para turistas dos quatro países nesse período.

Agora Os UAE também anunciam uma boa ação para brasileiros que por sua vez também passam a ter a reciprocidade com os UEA e assim espera se que bem mais de  R$ 20 milhões sejam inseridos na economia por mês.

 

A imagem pode conter: texto

Comunicado feito no facebook pela Embaixada UAE

Anúncios

Vacina febre amarela.

Conforme  a OMS, os Estados Unidos e a Europa não fazem exigência da vacina de febre amarela.

Outros países , como Austrália, Bolívia, Equador e África do Sul, já exigem a apresentação do certificado.

Confira lista de países que exigem certificado de vacina da febre amarela, segundo a OMS

Afeganistão

África do Sul

Albânia

Antígua e Barbuda

Angola

Anguilla

Antilhas Holandesas

Arábia Saudita

Argélia

Austrália

Bahamas

Bangladesh

Bahrain

Barbados

Belize

Benin

Bolívia

Botsuana

Brunei

Burkina Fasso

Burundi

Butão

Cabo Verde

Camboja

Camarões

Cazaquistão

Cingapura

Chade

China

Colômbia

Congo

Coreia do Sul

Costa Rica

Costa do Marfim

Djibouti

Dominica

Egito

Equador

Eritreia

El Salvador

Etiópia

Fiji

Filipinas

Gabão

Gâmbia

Gana

Guiné Equatorial

Granada

Guadalupe

Guatemala

Guiana Francesa

Guiné

Guiné-Bissau

Haiti

Honduras

Iêmen

Ilhas Maurício

Ilhas Reunião

Ilhas Salomão

Ilhas Seychelles

Índia

Indonésia

Irã

Iraque

Jamaica

Jordânia

Kiribati

Laos

Lesoto

Líbano

Libéria

Líbia

Madagáscar

Malaui

Malásia

Maldivas

Mali

Malta

Martinica

Mauritânia

México

Mianmar

Moçambique

Montserrat

Namíbia

Nauru

Nepal

Nova Caledônia

Nicarágua

Níger

Nigéria

Omã

Panamá

Papua-Nova Guiné

Paquistão

Paraguai

Quênia

Quirguistão

República Centro-Africana

República Democrática do Congo

Ruanda

São Cristóvão e Nevis

São Vicente e Granadinas

Saint-Barth

Saint Helena

Saint Martin

Samoa

Santa Lúcia

São Tomé e Príncipe

Senegal

Serra Leoa

Somália

Sri Lanka

Sudão

Suazilândia

Suriname

Tailândia

Tanzânia

Timor Leste

Togo

Trinidad e Tobago

Tunísia

Uganda

Venezuela

Vietnã

Zâmbia

Zimbábue

As top 20 do mundo em 2017.

Saiba quais as cidades mais visitadas no mundo e indique a que você conhece e qual pretende ir.
lista dos 20 cidades mais visitadas do mundo em 2017.
 
Hong Kong -China – 25,6M
Bangkok -Tailândia – 23,2M
Londres -Reino Unido – 19,8M
Cingapura – 17,6M
Macau – 16,2M
Dubai- Emirados Árabes Unidos – 16M
Paris – 14,2M
Nova York – 13,1M
Shenzhen -China – 12,9M
Kuala Lumpur -Malásia – 12,8M
Phuket -Tailândia – 12M
Delhi -Índia – 10,2M
Tóquio – 9,7M
Roma – 9,5M
Taipei -Taiwan – 9,3M
Guangzhou- China – 9M
Mumbai- Índia – 8,8M
Meca -Arábia Saudita – 8,7M
Istambul -Turquia – 8,6M
Praga- República Tcheca – 8,5M

Turquia

Falar desse país fantástico e mágico é falar de história, crenças, comércio e fé.

Istambul, maior cidade da Turquia, a quinta maior do mundo, é a única cidade localizada em dois continentes, na Europa e Ásia ao mesmo tempo. É também conhecida como Constantinopla do Império Bizantino e tem uma população de 13 milhões de pessoas, predominando os muçulmanos. Uma região que abrange um território importante politicamente e geograficamente.

O Mar de Marmara e o Estreito de Bósforo, que leva ao mar Negro, são os pontos mais importantes na região.

Os pontos imperdíveis que você deve visitar em Istambul  são:

– Mesquita Azul;

100_1753

 

– Santa Sofia;

115 (2)

 

– Cisterna (onde estão as cabeças das medusas);

100_1807

100_1813

 

– Palácios Topikapi e Dolmabaçe;

– Torre de Galata;

– Praça Takisin;

– Mercado Especiarias;

– Grand Bazar;

DSC03563

Loja típica Grand Bazar.

 

– Estreito de Bósforo.

Bósforo.

 

A moeda local é a Lira Turca.

O que mais chama atenção é o número de minaretes espalhados pela cidade (as torres que chamam as pessoas para fazer as orações diárias, cinco vezes ao dia). Mesmo sendo de maioria muçulmana, Istambul é uma das cidades de maioria islâmica mais tranquila e cosmopolita.

As mulheres não sofrem qualquer tipo de assédio (como muitas me perguntam), porém os Turcos são machistas e galanteadores. Não se recomenda ouso de roupas cavadas, de alcinha e muito curtas, para não gerar polêmica. Nas visitas às mesquitas se exige roupas com mangas e calças, não sendo permitido roupas curtas como shorts e mini saias.

Quatrocentos e cinquenta quilômetros é a distância entre Istambul e a capital Ankara. O trajeto pode ser feito de avião ou de ônibus e você pode passar em algumas cidades como Pamukalle e Konia, parando na famosa Efesus, ao sul de Istambul, onde está a casa de Nossa Senhora, a Virgem Maria, mãe de Jesus.

Os pontos imperdíveis ao visitar outras cidades são:

100_1473

– Kusadasi;

 

– Efesos, casa de Nossa Senhora;

– Muro de pedidos na casa onde a Virgem Maria supostamente viveu e morreu.

– Capadocia;

– Museu da civilização em Ankara, eleito um dos melhores acervos do mundo do povo Itita;

– Pamukalle, com formações das piscinas.

 

– Passeio de balão.

Passeio de balão. Imperdível!

 

273

Primeira imagem de São Jorge da Capadócia.

O OLHO É TURCO OU É GREGO?

Há, há, há!!! Nem um nem outro!

Depois que passei pela Turquia, Grécia e Egito e a febre desse olho chegou ao Brasil, comecei a me perguntar: O Olho é Grego ou Turco??

O que hoje é amuleto, artigo de decoração, acessório de moda, a maioria das pessoas não tem ideia do que se trata, ou o que significa.

O olho é Egípcio! A história começa em 3000 a.C. no Egito. Segundo a lenda egípcia, o Deus Horus teve seu olho arrancado e posteriormente recolocado por meio da magia. Por isso o olho tem o vigor e a magia como ideia e a imagem deste olho passou a ser usada.

Inclusive no antigo terminal do aeroporto Ataturk, em Istambul, existia um olho gigante suspenso na imigração que queria dizer que todos que ali passassem deixariam seus maus olhares ali e enregias.

O império turco dominou a Europa e África por muitos anos a Grécia especificamente por quase 400 anos e durou cerca de 625 anos assim os gregos eram proibidos de estudar e muitos são tornaram analfabetos.

Podemos comparar com o olho maçônico, que aparece em várias notas de dólar, e o terceiro olho de Buda, na Índia. O olho tem uma representação enorme em nossa sociedade.

Acredita-se que o mau olhado tem a cor azul; assim o olho de vidro na mesma cor seria eficaz e desviaria esse mau olhado.

Viajar sozinho

Existem muitos viajantes que afirmam que viajar sozinho é a melhor maneira de ver o mundo.  Viajar sozinho  é uma viagem de auto-descoberta. Viagens Solo podem ser deliciosas, você pode passar um dia sem fazer nada ou ficar em um único museu. É a oportunidade ideal para experimentar algo novo.  Ainda assim, existe uma preocupação para muitos viajantes individuais; segurança: o simples fato, é que há países que são estatisticamente mais seguro do que outros, basta pesquisar uma boa opção.  Escolha um país onde você vai se sentir bem-vindo, uma nação onde você pode facilmente interagir com os moradores, onde a conversa flui com facilidade, mesmo se você está lutando a língua nativa. Para os que escolhem viajar sozinhos é fundamental se conectar com a cultura e não se sentir como um  estrangeiro.

Antes de escolher o destino verifique os números do Global Piece Index,  que classificou 162 países por sua tranqüilidade, e o Happy Planet Index, que analisou o bem-estar do ser humano em 151 países.

Para o público feminino existem sites e blogs somente para elas com dicas e sugestões:

Indico este:

http://www.journeywoman.com/

Se você gosta de sua companhia e está preparado para estar com você mesmo, se prepare para as melhores e mais fantásticas aventuras. Tenho notado que muitos clientes (de todas as idades) têm vontade de viajar mas falta companhia. Muitos nem sabem que existem várias opções de roteiros de grupos e que podem ficar em apartamento “single” e desfrutar de uma ótima viagem. Já para os mais novos e que querem uma viagem mais econômica, Hostels são uma boa opção, são baratos e os viajantes ainda vão conhecer gente de todo tipo e lugar.

O mais interessante de viajar sozinho, é o horário de fazer as coisas, você acorda, dorme, sai e come quando achar que deve, não tendo que atender as necessidades de um grupo ou de amigo. Ser um pouco egoísta às vezes faz bem.

Viajar sozinho é uma experiência fantástica!

Dicas:

Sempre leve um livro.

Encaixe-se em passeios programados com outros turistas,

Procure lugares com seu perfil assim encontrará semelhantes para troca de experiências e amizades.

Entre em redes sociais de viajantes, lugares e destinos para saber o que fazer e o que está acontecendo.

Cuidado e segurança são de primeira necessidade uma vez que não tem a quem recorrer.

No próximo post vamos falar da experiência de viajar em grupo!